Amores de verão.

Amores de verão.

Web

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Muito me aprecia a escrita, a leitura, as palavras unidas, formando frases, versos, textos. Me apreciam as pessoas que se relacionam intimamente com as palavras. Que "se descrevem" em seus escritos. Que se lê tendo a impressão que está lendo a si mesmo. Adoro os artigos, os pronomes, as orações, os verbos, o vocabulário, a pontução. Mas, mais que isso, adoro os sentimentos, emoções, os sentidos ou ausência deles, que se põe na escrita. Instigar, prender a atenção, inspirar, abismar através dos escritos. Melhor que isso, se fazer entender, se fazer ouvir, desabafar o querer, o sentir. Ah, quão bom escrever. Mesmo sem propriedade de técnicas, de uma métrica perfeita. Escrever me faz respirar mais profundamente. Me faz viver mais infinitamente. Escrever me faz... Ser eu mesma!
.
P.S. Obrigada Mateus pelo convite, pela apreciação da minha escrita. = )
.
Lai Paiva

4 comentários:

  1. FANTÁSTICO!!!!!!! Bravo!!
    Acho que descreve todo mundo que tenta escrever um pouco sobre si, e sempre acha muito limitado.
    Gostei muito! Tô te seguindo por todos os cantos!! rs

    ResponderExcluir
  2. Ah, vc põe sentimento nas palavras. =D

    ResponderExcluir
  3. obrigado você por dar luz ao meu sonho !!!
    bela estreia.

    ResponderExcluir